Câmara de Capelinha se filia à ASTRAL

Além da TV e rádio web em funcionamento, Casa ganhou rádio FM

Câmara de Capelinha se filia à ASTRAL
A Câmara Municipal de Capelinha, em Minas Gerais, é a mais nova filiada da ASTRAL. Com a adesão efetivada no início de abril, a entidade conta agora com 36 emissoras associadas. O diretor de Comunicação da Casa, Gidson Estrela, disse que era um desejo antigo fazer com que a Câmara compusesse os quadros da Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (Astral).


- A Associação sempre nos deu muito suporte, mesmo antes da filiação. Tivemos orientação, por exemplo, na aquisição de equipamentos, em questões legais que envolvem veículos legislativos e, também, na contratação de um engenheiro de telecomunicações responsável pela parte técnica e de transmissão - disse o jornalista, que está na Câmara desde 2019.


O ingresso da Câmara de Capelinha foi saudado pelo presidente da Astral, jornalista Gerson de Castro. "Estamos felizes em receber mais uma câmara municipal que vem somar forças com todos os nossos associados. Esta e outras filiações, que estão em andamento, mostram o acerto da nossa política de apoiar e fortalecer a comunicação pública, aproximando o Poder Legislativo do cidadão em particular e da sociedade como um todo", destacou o dirigente da entidade.


O parlamento da cidade mineira tem investido na área de comunicação nos últimos anos. Gidson coordena os trabalhos da TV web, da rádio web e da rádio FM, cuja concessão saiu há poucos meses. A Casa tem passado por reformas que apontam para o crescimento dos serviços de comunicação, como a ampliação do estúdio.


Gidson atribui esse desenvolvimento à consciência dos últimos presidentes da Câmara em relação à importância da comunicação para a transparência da Casa e a aproximação com a população local. Ele comenta que "os moradores da cidade são bastante interessados em política", o que ajuda a justificar a audiência. Há momentos em que as rádios e a TV juntas somam cerca de 1 mil espectadores simultâneos.


O carro-chefe da TV são os documentários produzidos sobre características da região. Já para a rádio, o principal programa é o De Carona, em que são simuladas conversas com especialistas de diversas áreas sobre temas de interesse público, durante uma fictícia volta de carro que seria dirigida pelo apresentador.


As programações da TV e das rádios são voltadas para os interesses da população local, composta por 40 mil habitantes, que são representados por 13 vereadores no parlamento. Fundada em fevereiro de 1913, Capelinha fica na região do Vale de Jequitinhonha, nordeste de Minas Gerais, a cerca de 430km de Belo Horizonte.


Bruno Lara / ASTRAL.

MAIS NOTÍCIAS
ValeVirtual Tecnologia